segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Playing God

Enquanto não temos o privilégio de uma volta do 'brincando de deus', seu líder Messias G. B. aparece com um trabalho solo, e isso já é motivo pra comemorar! O single lançado sexta-feira, dia 08, aniversário do cabra, às 08:08h, é um bom aperitivo do que vem por aí. Programações eletrônicas e guitarras sujas permeiam a canção "the machines are my family", enterrando o vocal familiar em uma camada doce de sujeira. A falta de uma cozinha "orgânica" é compensada pela ótima melodia vocal e um arranjo competente. A essa altura da carreira, não dá pra esperar algo menos que bom vindo dessa galera. Na minha última ida pra Salvador, antes da Nave, dei uma chegada numa casa ao lado, onde o Messias discotecou (de Nick Drake a Pavement), e a banda que iria tocar era o Theatro de Séraphin, que conta com outro bddeus na formação, o Cesar. Ótima banda, belos sons e guitarras sempre surpreendentes. Só não fiquei até o final pois precisávamos voltar no hotel antes de ir na Nave discotecar (a propósito, eu, Maíra e Adelvan como superapocalipseoverdrive conseguimos a façanha de esvaziar a pista hahaha). Quem sabe não teremos o Theatro por aqui em Aju Rock City? Essa conexão Aracaju-Salvador precisa de um upgrade urgente. Por enquanto é esperar o disco completo do Messias. Sexta coloco esse single no Programa de Rock (Sex, 20h). Dá pra ouvir na net aqui. Mas pra fazer o download da música, é só seguir o nosso seminarista favorito:
http://www.messias.art.br/

Um comentário:

a mulher do lado disse...

saudades, moço... beijo